" Quando não se pode falar bem de uma pessoa, o melhor mesmo é que não se diga nada, porque a atenção que dedicamos a observar ou criticar os defeitos alheios deve ser dada aos nossos próprios defeitos, tentando corrigi-los." (Tereza Guerra)
"...e se me achar esquisita, respeite também. Até eu fui obrigada a me respeitar". (Clarice Lispector)
Cuidado...gorda em processo de recuperação!!!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Oi, amigos!!!

Atualizando para dar notícias da semana, do meu natal e é claro, da minha dieta.

Bem, a última semana foi super movimentada com todo aquele corre-corre típico de fim de ano. Foi tanto agito que só fui montar a árvore de natal e colocar os enfeites da casa no dia 21, detalhe que nesse dia é aniversário da minha irmã, então a correria me beneficiou de um certo modo porque tivemos umas coisas pra resolver e passamos o dia inteirinho na rua. Moral da história: comi pouquíssimo e pude me dar ao luxo de comer um pedacinho do maravilhoso bolo de aniversário feito pela não menos maravilhosa Dona Dalva, que faz coisas incríveis desde mil novecentos e antigamente. Todos os meus bolos de aniversário comemorados na escola foram feitos por ela, cada um decorado de um jeito mais lindo que o outro. Quanto à comilança, ainda tive um comportamento relativamente “neurótico”, arrancando tudo quanto era branquinho que tinha em cima do bolo, não comi nem uma migalha daquela “meleca”, na verdade mesmo fora da dieta eu sempre odiei cobertura de bolo, ainda bem, né???

Agora, falando francamente, estes dias estão sendo muito sinistros.

Sexta-feira, reunião na casa da prima do marido: muita pizza, torta salgada, bolo de chocolate, tudo com muito jeito de que o ataque valia a pena, mas não comi. E ainda tive que ficar ouvindo minha sogra com uma cara tristinha dizendo que estava com pena de mim porque eu não comi, foi muito engraçado. Ela ainda não se acostumou com o meu tamanho novo, menos ainda com meus hábitos novos, acha tudo muito esquisito. Pra finalizar o encontro recebemos um convite pra uma mega feijoada dia 29 que promete. E Deus que me ajude de novo.

Ontem, aniversário de um amigão do meu marido, lá fui eu pro jantar, outro risco de jacada iminente. Pra começar demos carona a um casal de amigos que estava levando nada mais nada menos que dois pudins inteirinhos. Em seguida, a descoberta do menu do jantar: muita massa fresca, todas as possíveis, com seus maravilhosos molhos. Tinha molho até de camarão, então eu fiquei lá na varanda do apartamento papeando, vendo a chuva passar e tentando me desconcentrar daquele cheiro, com umas vinte pessoas de um lado e de outro enchendo a pança. E a mesa de sobremesas??? Foi dureza total e nem eu acreditei que saí de lá sem fazer nenhuma desgraça. Detalhe: nesses dois dias eu saí das festas moooorrrrrrta de fome porque passei do meu horário de comer e ataquei meu potinho de cream cracker que carrego na mala, digo, na bolsa. E a seco mesmo. Até engasguei.

Hoje chegou o grande dia, o dia “D”, dia de preparar e encarar as rabanadas. Desde que dezembro chegou eu só penso em rabanada, só pensava em como seria esse dia. Confesso que enquanto pagava os dois pães (antes eu comprava “só” seis) comentei com meu marido que de tudo que tem aqui pra gente explodir de tanto comer o que tenho mais medo é da dita cuja da rabanada. Até pensei em tentar fazer a tal de forno, mas depois de fritar um pão e meio fiquei com o saco tão cheio que dei o resto do pão pros meus totozinhos comerem e encerrei o expediente. Até agora, vejam bem, até esse momento eu ainda comi, mas o diabinho tá aqui no meu ouvido, mandando eu comer. Minha irmã comeu agorinha e disse que ta uma delícia, que ta muito leve, deve ser porque cortei fatias de um dedinho e fiz com leite desnatado. Eu tô rezando pra acabarem logo com aquilo, igual fizeram com o bolo da minha irmã, de preferência que nem amanheça na geladeira, porque afinal de contas sou humana, gorda e gulosa...então, tudo é possível.
Enquanto isso... o “passarinho” ta lá no forno...mas o passarinho eu vou comer, ah, se vou!!! E vou tomar vinho também. E comer castanha também. E chega de papo de comida, gordo só pensa em comida, eu preciso é dormir cedo porque depois que essa coisa toda passar a vida continua e eu não vou querer minha cintura mais roliça por causa disso.

Semana passada, no meio das compras malucas eu me dei um presentinho, um biquíni novinho em folha e lindo, lindo, da cor verde que adoro. Estava lá na loja esperando por mim! Detalhe: o biquíni é lindo, mas o corpo continua uma desgraça. Mesmo assim fiquei muito alegre porque consegui comprar sem maiores dificuldades a não ser pelo quesito “meu gosto”. Só que desde então está chovendo aqui no Rio, então ainda não tive oportunidade de usar...snif! Mas já estou me imaginando ultra-bronzeada no meu verdão! Bronzeamento gradativo, porque hoje em dia não faço nem metade das loucuras que já fiz por conta de praia e sol.



Sabe Deus, né???

Gente, graças ao meu irmão a pintura do quarto foi concluída e ficou muito bom. Nunca mais pinto nenhuma parede de outra cor que não seja branco, pois cansa muito rápido e fica péssimo pra leitura, não importa a lâmpada que a gente use. E olha que eu e Jaime já até brigamos em loja de tinta por causa disso, ele já quis pintar uma parede de verde, e eu quis cortar os pulsos, mesmo amando verde. Graças a Deus ele recobrou a razão antes de fazer a merda e eu não precisei me matar.

Outra coisa, ando sentindo muita falta das minhas amigas que conheci através do blog do desafio da Lu. Entendo que essa época é agitada demais pra todos, mas sinto muito falta de vocês todas, viu??? Espero que quando essa loucura de fim de ano passar a gente volte a bater nossos papos super animados.

Pessoal, pra terminar esse post super longo, desejo a todos vocês um MARAVILHOSO NATAL, com muita alegria, harmonia em seus lares, paz e saúde. Que Jesus abençoe abundantemente todos vocês!!!
Eu, que odeio natal já estou um pouco contaminada pelo clima, então vou lá curtir minha família também e ainda fazer uma farofa porque meu irmão tá uma hora dessas enchendo meu saco por causa de farofa, é mole???

Sou grata pelas visitas.
Muitos beijos em todos vocês!!!

5 comentários:

Luana disse...

Olha Lis....

Quero ser como vc quando eu crescer!! Quanta determinação! Quanta força de vontade!! Você está de parabéns!!!

Infelizmente eu não posso ficar muito feliz não, porque houveram jacas... Mas nada que vá me devolver os 9 quilos emagrecidos (não de uma vez!)

Meu natal eu vou passar dormindo (se os fogos de artifícios deixarem), e eu me proíbi de comer rabanada nesse ano!! Há mais ou menos 15 anos eu não comia... porque vou comer agora!! hohohohoho
Preciso disso não!!!

Então é isso, meu bem!

Feliz Natal....

Ps: O biquíni tá lindo!!!

Beijinhos

Luana disse...

Olha Lis....

Quero ser como vc quando eu crescer!! Quanta determinação! Quanta força de vontade!! Você está de parabéns!!!

Infelizmente eu não posso ficar muito feliz não, porque houveram jacas... Mas nada que vá me devolver os 9 quilos emagrecidos (não de uma vez!)

Meu natal eu vou passar dormindo (se os fogos de artifícios deixarem), e eu me proíbi de comer rabanada nesse ano!! Há mais ou menos 15 anos eu não comia... porque vou comer agora!! hohohohoho
Preciso disso não!!!

Então é isso, meu bem!

Feliz Natal....

Ps: O biquíni tá lindo!!!

Beijinhos

SolBH disse...

liiiiiiiiiiiiiissss

amei teu flog, nossa vou entrar todo dia, assim vou sempre ter noticias suas....

vc emagreceu mesmooo....uauuuuu....

parabens amiga, e sucesso, vc vai conseguir chegar ao seu objetivo....e eu imagino bem o q vc esta passando em relação as festas...rsrsrsrs...

sabe q estou aki pensando, acho q vou entrar nessa tambem....mas vou entrar na parte dos exercicios fisicos....rsrs...

bjaaaoooo

FELIZ NATAL!!

Beth disse...

Você está de parabéns pela determinação, viu? Acho que não precisava se privar tanto, um pedacinho de alguma coisa, inclusive da sua rabanada (umazinha ao menos)não lhe faria mal. Mas se preferiu abdicar e fez isto numa boa, sem sofrimento, bacana. E comprar biquini é um prêmio e tanto né? Não fale tão mal do seu corpo, você está cuidando dele e pouco a pouco, ele estará cada dia melhor.
Também não sou muito fanática por Natal, mas também me contagio aos poucos, acabei entrando no clima, embora no próprio dia 24.
Desejo que seu reveillon seja bem animado e que 2008 seja um ano de conquistas. Beijo e em frente!
Beth
http://aconquista.zip.net

Renata disse...

Como assim? Vc vai na festa com as massas e come biscoito?
Eu não faço isso não, não consigo.
Vc poderia ter comido pelo menos um pouquinho.
Quanto as rabanadas eu nunca comi, mas parece ser bom demais.